Alzheimer: por que é importante ter um plano de saúde?

0
0 Flares Twitter 0 Facebook 0 0 Flares ×

por que é importante ter um plano de saúde

No Brasil, há mais de 1 milhão de idosos que sofrem com Alzheimer e, até 2030, é provável que o número de casos dobre. Embora a medicina e as pesquisas venham avançando, com novas técnicas de identificação do quadro e remédios com potencial de reversão dos sintomas, ainda se trata de uma doença sem cura.

O melhor, portanto, é buscar a maneira mais adequada para lidar com a doença e garantir uma boa qualidade de vida, com o mínimo de efeitos possível.

Como o papel dos médicos é fundamental, veja por que é importante ter um plano de saúde para encarar essa doença.

O acompanhamento médico ajuda a monitorar e a diminuir a progressão da doença

O Alzheimer é uma doença degenerativa e que, apesar de não ter cura, pode ser controlada com as ações certas. Para tanto, é fundamental que haja um acompanhamento completo médico, de modo a identificar a progressão da doença e quais são os pontos que merecem maior atenção.

Ao mesmo tempo, ir a neurologistas e outros especialistas pode não ser viável, ainda mais com a medicação e os exames. Por isso, ter um plano de saúde faz toda a diferença.

Com o convênio, há como ter todos os cuidados necessários com essa condição, garantindo um efeito melhor em relação à sua progressão.

O uso de determinadas terapias contribui para evitar as limitações físicas

Para manter o Alzheimer sob controle, assim como seus efeitos, o acompanhamento é apenas uma parte do cuidado. Também é necessário realizar algumas terapias que ajudam a manter as capacidades físicas e intelectuais.

Fazer fisioterapia, por exemplo, ajuda a retardar a perda de movimentos, garantindo maior flexibilidade e uso adequado dos membros. Também é o caso de realizar terapias alternativas, como as ligadas ao processamento cerebral.

por que é importante ter um plano de saúde

Esse, portanto, é um dos motivos por que é importante ter um plano de saúde, já que é possível ter acesso a essas opções.

A redução dos custos também explica por que é importante ter um plano de saúde nesse momento

O Alzheimer é uma doença que inspira cuidados muito específicos. Além de ser necessário recorrer a especialistas na doença, é preciso comprar medicamentos caros, fazer tratamentos personalizados e exames que exigem maior estrutura técnica.

Sem um convênio de saúde, é muito difícil arcar com todas essas despesas, especialmente estando na melhor idade.

Por isso, ter um plano é uma forma de garantir a segurança financeira e a tranquilidade de saber que será possível cuidar da doença da maneira adequada.

A qualidade de vida fica ampliada com a atenção médica e de acompanhamento

O fato é que o Alzheimer não é e não precisa ser uma sentença a respeito do estilo de vida. É viável envelhecer de maneira ativa mesmo com essa condição, desde que ela seja diagnosticada cedo e tratada corretamente.

Tendo um plano, o cuidado com a saúde fica reforçado e fazer consultas de rotina é bem comum. Isso não apenas estimula o diagnóstico precoce como permite que o acompanhamento seja feito sem falhas.

Isso diminui a progressão e os efeitos da doença que, embora não possa ser parada, torna-se menos impactante. Com isso, há maiores benefícios para a qualidade de vida e de saúde, garantindo muito mais felicidade e bem-estar.

A necessidade de acompanhar e de controlar o Alzheimer é o principal elemento que explica por que é importante ter um plano de saúde para essa condição. Graças a ele, ficará mais fácil atingir melhores níveis de qualidade de vida e de saúde.

Se ainda tiver alguma dúvida sobre por que é importante ter um plano de saúde, aproveite o espaço nos comentários e participe!

0 Flares Twitter 0 Facebook 0 0 Flares ×