Nascemos filhos, mas nos tornamos pais de nossos pais

0
0 Flares Twitter 0 Facebook 0 0 Flares ×

nascemos filhos mas nos tornamos pais de nossos pais

Os primeiros e mais importantes heróis para uma criança são seus pais. Para os filhos, eles são considerados invencíveis, possuem super-poderes e estão sempre preparados para os proteger de todas adversidades, fazendo-os se sentirem seguros e amados.

Mesmo vivendo em casas separadas, os pais estão sempre presentes na vida dos filhos. Eles geralmente são seus modelos, suas principais referências, estas que acompanharão os filhos durante toda sua vida, ajudando-os a superar todos os desafios que encontrar em seu caminho.

Na vida adulta, a relação dos filhos com seus pais se mantém. Eles continuam sendo seu porto-seguro, onde podem buscar auxílio a qualquer momento, pedir conselhos, receber um cafuné e ser consolado, etc. Os filhos esperam que seus pais estejam sempre lá, prontos para recebê-los de braços abertos, com todo o amor e carinho que sempre demonstraram.

Mas o envelhecimento de nossos pais é inevitável, e ele traz algumas limitações para o idoso, que vão se agravando com o passar o tempo: esquecimentos, dificuldade de concentração, diminuição do vigor físico, dificuldades de locomoção, problemas na visão e audição, desenvolvimento ou agravamento de doenças, entre outros problemas.

Em algum momento da vida, para alguns mais cedo e outros mais tarde, as pessoas terão a possibilidade de cuidar e retribuir parte do carinho dedicado por seus pais. É a oportunidade dos filhos de servi-los, demonstrando todo seu amor e gratidão por tudo que seus pais já fizeram por eles.

Nascemos filhos, mas nos tornamos pais de nossos pais

Por mais irônico que possa parecer, iniciamos nossa jornada sendo dependentes de nossos pais e a terminamos sendo dependentes dos nossos filhos: nós nascemos filhos, em algum momento da vida nos tornamos pais de nossos pais e finalizamos nos tornando filhos de nossos filhos.

Mas quando chega o momento em que os papéis se invertem, onde os filhos viram pais e os pais filhos, será que ambos estão preparados? Como será que ambos lidam com essa situação?

Por mais que as pessoas já saibam que isso um dia acontecerá, as pessoas nunca estão preparadas para essa situação, e a ficha só cai quando a água já está na altura do pescoço, ou seja, quando chega o momento de os papéis se inverterem.

Não existe uma receita para lidar com essa situação, terá que aprender e superar as dificuldades no dia-a-dia. Comece por aceitar que as coisas mudaram, que a relação entre você e seus pais atingiu um novo nível, o qual gera novas responsabilidades e demanda uma nova postura. Nessa fase, os pais podem se tornar teimosos e argumentadores, por isso, controlar suas expectativas é fundamental para evitar frustrações. Não faça tudo sozinho, se tiver irmãos, divida as responsabilidades e tomem as decisões em conjunto; ajuda externa de pessoas próximas também é válido, pois traz uma outra visão da situação que talvez você não teria.

Cuidar de você, da sua saúde física e mental, também é de extrema importância. Como poderá cuidar de seus pais se você não estiver bem? Tenha um bom plano de saúde, faça visitas de rotina ao seu médico, alimente-se bem e de forma saudável, pratique atividade física, durma bem, dedique tempo para relaxar e para se divertir com familiares e amigos.

0 Flares Twitter 0 Facebook 0 0 Flares ×