Plano de saúde na terceira idade: 4 perguntas e respostas mais frequentes

0
0 Flares Twitter 0 Facebook 0 0 Flares ×

plano de saúde na terceira idade

Quando a melhor idade chega, é o momento de se cuidar e se preparar para aproveitar uma fase que pode, sim, ser muito boa. Para que isso seja viável, ter a saúde em dia é necessário.

Sendo assim, contratar um plano de saúde na terceira idade é bastante conveniente. Como essa é uma modalidade específica, muita gente ainda tem dúvida sobre como esse processo acontece.

Para esclarecer possíveis questões, observe as 4 perguntas e respostas mais comuns e entenda sobre essa possibilidade.

1. Por que o plano de saúde na terceira idade é fundamental?

É muito comum que as pessoas não entendam, completamente, a importância de ter um convênio médico na terceira idade. Muitos acham que, devido à idade avançada, já não é necessário se preocupar com esse aspecto.

A verdade não poderia ser mais diferente. Nessa fase da vida, a saúde pode ficar suscetível. Ao ter um plano de saúde, há maior segurança e a certeza de atendimento, especialmente em emergências. Se acontecer um acidente doméstico, por exemplo, ir ao médico será imediato.

Além de tudo, fazer um convênio é uma forma de cuidar da saúde. Com medidas que visam à proteção, é possível impedir ou retardar o desenvolvimento de várias doenças. Isso aumenta a qualidade de vida, traz tranquilidade e permite aproveitar tudo nessa fase.

2. Como escolher o melhor plano?

Para contratar o melhor plano de saúde na terceira idade é necessário começar entendendo quais são as necessidades de cobertura e rede credenciada. O convênio não precisa ser muito amplo se ele não for utilizado em sua totalidade, porém, deve atender às exigências básicas do seu estilo de vida.

Faça essa análise entre as opções disponíveis e considere, também, quais são as questões referentes ao valor cobrado. É interessante que esse não seja o critério decisivo, já que as outras características se mostram muito mais relevantes.

plano de saúde na terceira idade

Porém, para não fugir do orçamento, busque um plano que equilibre condições, cobertura e preço, garantindo um bom resultado.

3. Haverá reajustes com o aumento da idade?

De acordo com a lei para planos de saúde, é proibido realizar o reajuste dos convênios por idade a partir dos 59 anos.

Isso significa que, em um plano de saúde na terceira idade, há a certeza de que não haverá reajustes quanto à mudança da faixa etária. A única alteração de valor acontece no aniversário do contrato, de acordo com o reajuste anual.

4. A mudança gera carência?

Quando se fala em trocar de convênio para um voltado para a melhor idade, um dos receios tem a ver com a carência. Há o medo de fazer a troca e, então, ter que cumprir um longo período — especialmente, quanto às doenças pré-existentes.

Porém, é possível realizar a portabilidade e reduzir ou até eliminar a carência. É preciso ter passado, ao menos, 2 anos no convênio anterior, na maioria dos casos.

Até 30 dias após o último pagamento do plano de origem, há um período de compra de carência, em que a operadora de destino garante a solução quanto a esse tempo de espera.

Também é possível completar a carência no novo convênio, se for o caso. Como resultado, há uma proteção contínua à saúde, sem desperdiçar o período que já foi esperado.

O plano de saúde na terceira idade garante segurança e bem-estar, sendo importante para essa fase da vida. Esclarecendo essas dúvidas, você poderá contratar sem medo!

Ainda tem alguma questão que não foi respondida? Use o espaço dos comentários e participe!

0 Flares Twitter 0 Facebook 0 0 Flares ×