Saúde emocional das crianças

0
0 Flares Twitter 0 Facebook 0 0 Flares ×

saude-emocional-das-crianças

Alguns acreditam que as emoções atrapalham, que é preciso ser totalmente racional e não se deixar ser levado pelos sentimentos. A verdade é que, apesar de as emoções por muitas vezes atrapalharem, em diversas outras situações elas são extremamente úteis, ou seja, a saúde emocional é fundamental para a tomada de decisões. Mas, da mesma forma que não é indicado ignorar as emoções, também não se deve deixá-las dominá-lo, é preciso aceitar e compreendê-las, para assim poder controlá-las e então poder dosar as emoções e o racional nas tomadas de decisões.

Converse sobre emoções

Se comunicar pode ser algo desafiador para muitas pessoas, principalmente quando envolve expressar ou falar sobre suas próprias emoções e sentimentos. Se autocompreender é transmitir isso para as pessoas do seu cotidiano (família, amigos, colegas de trabalho, etc.) não é uma tarefa fácil.

Para que se possa expressar seus sentimentos tranquilamente, primeiro é preciso que haja o autoconhecimento, ou seja, que você possa identificar, compreender o que se passa no seu interior, só dessa forma será possível exteriorizar essas emoções. Qualquer pessoa pode desenvolver essa habilidade, na verdade é importante desenvolvê-la o quanto antes, desde criança, se possível, o que impactará direta e positivamente a saúde emocional das crianças.

Saúde emocional das crianças

As crianças também precisam aprender lidar com e expressar suas emoções, e algo que ajuda muito é verem seus pais falando sobre emoções, de forma aberta e despreocupada. Para driblar a dificuldade é possível utilizar filmes, jogos, revistas, situações do cotidiano, entre outras, como oportunidades para conversar sobre as emoções, e ensinar as crianças a lidarem com suas emoções e com cada uma das situações.

Seja modelo para seus filhos

Quem não conhece aquele bordão “faça o que eu digo, mas não o que faço”? Apesar de muito popular, essa frase se refere a algo totalmente errôneo. Os pais são a principal referência das crianças, ou seja, eles imitarão muitas das coisas que verão seus pais fazendo, assim a saúde emocional das crianças é, em partes, pautada pelo comportamentos dos pais. Quer que seus filhos sejam educados, então também seja educado; seja um bom exemplo às crianças e elas herdarão essas características de vocês.

Toda ação tem uma consequência

Estimule as crianças a pensarem nas consequências de suas ações. Apesar de ser difícil controlar os sentimentos, as ações são totalmente planejáveis. Como umas das bases para a saúde emocional das crianças é apresentar os resultados de suas ações, aproveite e mostre exemplo de outras pessoas em situações similares e como elas reagiram. Faça com que a criança pense a respeito de sua ação: Eu agi  certo? Poderia ter feito diferente? Como as pessoas se sentem quanto a isso? Por fim, apresente outras alternativas que poderiam ter sido utilizadas para resolver ou evitar o problema.

Amizades e saúde emocional

Pesquisas relacionam crianças que apresentam sentimento de tristeza e/ou depressão ao fato de se isolarem, não tendo amigos e pouco convívio social. Essas características costumam ser percebidas à longo prazo.

A saúde emocional das crianças é um assunto muito sério, complexo e que merece muita atenção. Desde cedo é preciso se atentar a isso, de modo a garantir que a criança possa crescer de forma saudável, física e emocionalmente.

Caso perceba que seu filho(a) apresente algum problema comportamental ou identifique que ele tem problemas emocionais, a melhor opção é procurar um profissional – psicólogo – ele fará o diagnóstico e definirá os próximos passos para resolver o problema.

 

0 Flares Twitter 0 Facebook 0 0 Flares ×